A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

quinta-feira, 6 de abril de 2017

O que NÃO entendo nas Mulheres


Começando Abril com uma postagem aparentemente polêmica, mas na verdade é apenas um desabafo. Sabe, algo que não consigo entender é a mente das mulheres. O que antes era pra mim um obstáculo que eu mesmo criava, hoje em dia não sei se é isso mesmo que realmente acontece.

Coloquei esta imagem porque a menina que menciono na postagem disse
que faria um cosplay desta personagem. Sim, ela também tem isso tudo.

Falo assim em especial por causa de uma garota que conheci em 2013: uma menina muito bonita e legal que tive uma amizade por quase quatro anos. Uma pessoa que eu gostava de conversar e que curtia sua presença... Infelizmente no ano passado essa amizade meio que esfriou.

No início pensava que era por causa de seu TCC e logo sempre recusava meus convites para sair... Só que depois que vi que foi a eventos como Festival da Coreia, Bon Odori e por último a Feira Japonesa, isso me deixou bastante decepcionado. Decepcionado porque passei o ano todo convidando para esses eventos e nunca recebi retorno que iria ou não... e quando foi, nem ao menos entrou em contato, mesmo sabendo com toda certeza que eu estava lá.

Sei lá, acho que as mulheres deveriam ser mais honestas e diretas quando não tem vontade alguma de se encontrar com a gente. Dói, mas pelo menos você tem consciência que uma amizade mais íntima (ou quem sabe algo mais) NUNCA vai acontecer. Já ouvir certa vez que tem que  ter "semancol" e perceber isso logo de cara, mas não é verdade. Pra mim se a pessoa diz que está ocupada é porque está mesma, não tem que ficar usando isso como desculpa. Se usa está sendo errada.

Vi se afastando aos poucos e praticamente ignorando minhas mensagens na redes sociais, chegando a visualizar e não responder as minhas indignações.

Sendo assim, como amizade foi para o saco mesmo, posso afirmar agora que estava interessado nela, na verdade até mesmo na época que conheci. Entretanto como estava meio atordoado com um romance relâmpago que tive no final do ano anterior e início daquele (na verdade ainda estava querendo voltar), nunca tive a coragem de me declarar ou coisa parecida, por está sentimentalmente preso ainda a outra pessoa. Só que no ano passado, quando finalmente decidi que iria tentar conquista-la, não tive oportunidade e no final apareceu "um rival" que fez todo meu plano ir por água abaixo. E como já estava mudando seu humor para comigo, resolvi me afastar...

E fiz isso não foi por causa de seu possível relacionamento: eu não importo se ela tivesse namorando ou não, é claro que ficaria triste, mas aceitaria essa condição numa boa. Eu afastei porque nem como amiga estava funcionando, pois me esforçava muito sem ser valorizado. E não adianta manter uma amizade quando único amigo é você, pois como já vi esse filme antes, não estava disposto em ver novamente o seu final. Foi muito difícil, pois era uma pessoa que gostava muito, uma amiga que queria ter para uma vida inteira, mas para minha tristeza não foi o que ocorreu... E por mais que gostava dela, tinha que me colocar em primeira lugar. Cansei de me importar com alguém esperando uma reciprocidade que nunca vem.

Bem... Aí alguém que ler esta postagem pode achar que foi o meu interesse nela que fez me evitar... mas não, ela nunca soube, pelo menos não oficialmente. Pra dizer a verdade a única pessoa mesmo que sabe até agora (isto é, se pelo menos leu) foi uma amiga dela que mandei um texto falando a respeito por mensagem no Facebook. Essa amiga nunca me respondeu de volta e nem sei se chegou a falar desse assunto com ela. Enfim, de qualquer maneira se por acaso ela ler este texto (que mesmo não revelada, vai saber), digo que gostava e ainda gosto de sua pessoa. Eu não me afastei porque eu quis e sim porque foi necessário... Entretanto se algum dia quiser uma reaproximação estarei disposto, pois a porta sempre estará aberta.

Desejo tudo de bom e que seja feliz na sua vida, com ou sem a minha presença fazendo parte... São os meus votos!!

5 comentários:

  1. Pela minha experiência, posso dizer que existem muitos tipos de mulheres. Se você frequentar vários locais diferentes encontrará diferentes mulheres.

    ResponderExcluir
  2. Existem pessoas e pessoas. Eu particularmente, procuro ser direta, pois eu gosto quando alguém é direto comigo. Acho que faltou maturidade pra ela, isso sim.

    ResponderExcluir
  3. Mulher é complicado e besta ao mesmo tempo... Basta saber conversar e demonstrar atitude...

    ResponderExcluir
  4. Quando te apareceu uma sincera que falou na sua cara que te queria você correu. Tá reclamando de que então?

    ResponderExcluir
  5. Vi muita sinceridade nisso e não vou negar que as pessoas as vezes não sabem como lidar com amigos ou sentimentos maiores. Mas é muito bom ter consciência dos nossos sentimentos.

    ResponderExcluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...